sábado, 24 de novembro de 2012

Figuras de linguagem


Tipos de figuras de Linguagem:
Metáfora quando se utiliza um termo que é bem diferente do que se está acostumado. É utilizada uma relação com o sentido próprio e também o sentido figurado.

Metonímia quando se troca o sentido de uma palavra para expressar outra, mas sempre usando a lógica para que não fique sem sentido.

Catacrese acontece quando não se encontra uma palavra especifica e com isso usa-se outra e não dá para notar se esta usando o sentido figurado.

Antonomásia ou Perífrase quando se substitui um nome por alguma expressão que facilite o entendimento.

Sinestesia quando são misturadas em expressões as sensações sentidas pelos órgãos que são dos sentidos.

Paradoxo é a aproximação de idéias contrárias.

Antítese consiste na exposição de palavras contrárias.

Comparação como o próprio nome diz, essa figura de linguagem é uma comparação feita entre dois termos com o uso de um conectivo.

Disfemismo ou Cacofemismo é uma figura de linguagem que consiste em empregar deliberadamente termos ou expressões depreciativas, sarcásticas ou chulas para fazer referência a um determinado tema, coisa ou pessoa, opondo-se assim, ao eufemismo. Expressões disfêmicas são freqüentemente usadas para criar situações de humor.

Hipérbole ou Auxese é a figura de linguagem que consiste no exagero.

Metonímia ou Transnominação é a figura de linguagem que consiste no emprego de um termo por outro, dada a relação de semelhança ou a possibilidade de associação entre eles.

Personificação ou Prosopopéia é uma figura de estilo que consiste em atribuir a objetos inanimados ou seres irracionais sentimentos ou ações próprias dos seres humanos.

Perífrase consiste no emprego de palavras para indicar o ser através de algumas de suas características ou qualidades.

Ironia consiste em apresentar um termo em sentido oposto.
----------------------------------------------------------------------------------------------------

De modo geral as figuras de linguagem são empregadas para estilizar, dar um enfoque mais original ao texto. Trata-se de um recurso utilizado pelo escritor na abordagem de experiências comuns de formas diferentes, conferindo emotividade e contornos poéticos às suas escritas.

As figuras de linguagem podem ser classificadas em:

a) figuras de palavras;

b) figuras de som;

c) figuras de pensamento;

d) figuras de sintaxe.



As figuras de palavra ocorrem quando do emprego de um termo com sentido diferente daquele em que normalmente é empregado, a fim de se obter um efeito mais expressivo na palavra ou frase escrita.

São figuras de palavras:

FIGURA DE LINGUAGEM Comparação:

É a aproximação entre dois elementos que se identificam, ligados por conectivos comparativos explícitos no texto - feito, assim como, tal, como, tal qual, tal como, qual, que nem - e alguns verbos - parecer, assemelhar-se e outros.

Exemplos: "Atacou o prato de comida como se fosse um trator. / Amou sua mulher como se fosse a primeira vez." ;

"As carpideiras, os longos vestidos negros até o pescoço, xales nos ombros, pareciam ienas velhas choronas..."

FIGURA DE LINGUAGEM Metáfora:

Metáfora é a palavra que substitui outro termo através de uma relação de semelhança de significado. A metáfora também pode ser entendida como uma curta comparação, em que, mesmo inexistente, o conectivo pode ser subentendido.

Exemplo: “O tempo é uma cadeira ao sol, e nada mais”(Carlos Drummond de Andrade)


FIGURA DE LINGUAGEM Metonímia:

Metonímia é a troca de uma palavra por outra de valor similar e que possui um sentido de implicação mútua.

1 - Autor pela obra: Gosto de ler José de Alencar. (Gosto de ler a obra literária de José de Alencar.)

2 - Inventor pelo invento: Édson traz luz ao mundo. (A eletricidade traz luz ao mundo.)

3 - Símbolo pelo objeto simbolizado: Não te afastes da cruz. (Não te afastes de Deus.)

4 - Lugar pelo objeto característico do local: Fumei um delicioso havana. (Fumei um delicioso charuto.)

5 - Efeito pela causa: Romeu bebeu a morte. (Romeu tomou veneno.)


FIGURA DE LINGUAGEM Sinédoque:

Sinédoque é a substituição de uma palavra por outra, havendo ampliação ou redução do sentido usual da palavra numa proporção quantitativa.

- a parte pelo todo: "“Nunca tive um teto para me abrigar”. (casa)

- o singular pelo plural e vice-versa: O carioca (todos os cariocas) é simpático.

FIGURA DE LINGUAGEM Catacrese:

A catacrese é um tipo de especial de metáfora que, devido ao seu emprego massivo e muito repetitivo, já não se sente nenhum sentido de inovação, do toque peculiar e inovador do escritor.

São exemplos de catacrese: pé da mesa / cabeça de alho / dente de alho

FIGURA DE LINGUAGEM Sinestesia:
Sinestesia, como figura de linguagem, é o entrelaçamento dos sentidos, onde a qualidade direta e mais expressiva de um sentido é atribuído a outro.


Uma canção dourada tomou conta da sala.
Sensação auditiva e Visual

A sua voz suave tranquilizava a platéia.
sensação auditiva tátil


FIGURA DE LINGUAGEM Antonomásia:

Ocorre antonomásia quando designamos uma pessoa por uma qualidade, característica ou fato que a distingue.

Na linguagem comum, antonomásia tem o mesmo sentido de um apelido, alcunha ou cognome. Ocorre antonomásia quando associamos uma pessoa a uma sua qualidade marcante e característica.

Exemplos: O Poeta dos Escravos = Castro alves, O Rei do futebol = Pelé


FIGURAS DE LINGUAGEM EXERCÍCIOS


Questões:01. (FIGURAS DE LINGUAGEM) (VUNESP) No trecho: "...dão um jeito de mudar o mínimo para continuar mandando o máximo", a figura de linguagem presente é chamada:

a) metáfora
b) hipérbole
c) hipérbato
d) anáfora
e) antítese


02. (FIGURAS DE LINGUAGEM) (PUC - SP) Nos trechos: "O pavão é um arco-íris de plumas" e "...de tudo que ele suscita e esplende e estremece e delira..." enquanto procedimento estilístico, temos, respectivamente:

a) metáfora e polissíndeto;
b) comparação e repetição;
c) metonímia e aliteração;
d) hipérbole e metáfora;
e) anáfora e metáfora.


03. (FIGURAS DE LINGUAGEM) (PUC - SP) Nos trechos: "...nem um dos autores nacionais ou nacionalizados de oitenta pra lá faltava nas estantes do major" e "...o essencial é achar-se as palavras que o violão pede e deseja" encontramos, respectivamente, as seguintes figuras de linguagem:

a) prosopopéia e hipérbole;
b) hipérbole e metonímia;
c) perífrase e hipérbole;
d) metonímia e eufemismo;
e) metonímia e prosopopéia.


04. (FIGURAS DE LINGUAGEM) (VUNESP) Na frase: "O pessoal estão exagerando, me disse ontem um camelô", encontramos a
figura de linguagem chamada:

a) silepse de pessoa
b) elipse
c) anacoluto
d) hipérbole
e) silepse de número


05. (FIGURAS DE LINGUAGEM) (ITA) Em qual das opções há erro de identificação das figuras?

a) "Um dia hei de ir embora / Adormecer no derradeiro sono." (eufemismo)
b) "A neblina, roçando o chão, cicia, em prece. (prosopopéia)
c) Já não são tão freqüentes os passeios noturnos na violenta Rio de Janeiro. (silepse de número)
d) "E fria, fluente, frouxa claridade / Flutua..." (aliteração)
e) "Oh sonora audição colorida do aroma." (sinestesia)


06. (FIGURAS DE LINGUAGEM) (UM - SP) Indique a alternativa em que haja uma concordância realizada por silepse:

a) Os irmãos de Teresa, os pais de Júlio e nós, habitantes desta pacata região, precisaremos de muita força para sobreviver.
b) Poderão existir inúmeros problemas conosco devido às opiniões dadas neste relatório.
c) Os adultos somos bem mais prudentes que os jovens no combate às dificuldades.
d) Dar-lhe-emos novas oportunidades de trabalho para que você obtenha resultados mais satisfatórios.
e) Haveremos de conseguir os medicamentos necessários para a cura desse vírus insubordinável a qualquer tratamento.


07. (FIGURAS DE LINGUAGEM) (FEI) Assinalar a alternativa correta, correspondente à figuras de linguagem, presentes nos fragmentos abaixo:

I. "Não te esqueças daquele amor ardente que já nos olhos meus tão puro viste."

II. "A moral legisla para o homem; o direito para o cidadão."

III. "A maioria concordava nos pontos essenciais; nos pormenores porém, discordavam."

IV. "Isaac a vinte passos, divisando o vulto de um, pára, ergues a mão em viseira, firma os olhos."

a) anacoluto, hipérbato, hipálage, pleonasmo;
b) hipérbato, zeugma, silepse, assíndeto;
c) anáfora, polissíndeto, elipse, hipérbato;
d) pleonasmo, anacoluto, catacrese, eufemismo;
e) hipálage, silepse, polissíndeto, zeugma.


08. (FIGURAS DE LINGUAGEM) (FEBA - SP) Assinale a alternativa em que ocorre aliteração:

a) "Água de fonte .......... água de oceano ............. água de pranto. (Manuel Bandeira)
b) "A gente almoça e se coça e se roça e só se vicia." (Chico Buarque)
c) "Ouço o tique-taque do relógio: apresso-me então." (Clarice Lispector)
d) "Minha vida é uma colcha de retalhos, todos da mesma cor." (Mário Quintana)
e) N.d.a.


09. (FIGURAS DE LINGUAGEM) (CESGRANRIO) Na frase "O fio da idéia cresceu, engrossou e partiu-se" ocorre processo de gradação. Não há gradação em:

a) O carro arrancou, ganhou velocidade e capotou.
b) O avião decolou, ganhou altura e caiu.
c) O balão inflou, começou a subir e apagou.
d) A inspiração surgiu, tomou conta de sua mente e frustrou-se.
e) João pegou de um livro, ouviu um disco e saiu.


10. (FIGURAS DE LINGUAGEM) (FATEC) "Seus óculos eram imperiosos." Assinale a alternativa em que aparece a mesma figura de linguagem que há na frase acima:

a) "As cidades vinham surgindo na ponte dos nomes."
b) "Nasci na sala do 3° ano."
c) "O bonde passa cheio de pernas."
d) "O meu amor, paralisado, pula."
e) "Não serei o poeta de um mundo caduco."


GABARITO:

01. E 02. A 03. E 04. E
05. C 06. C 07. B 08. B
09. E 10.C

--------------------------------------------------

Exercício 1: (ADVISE 2009)

No enunciado: “Virgílio, traga-me uma coca cola bem gelada!”, registra-se uma figura de linguagem denominada:


A) anáfora
B) personificação
C) antítese
D) catacrese
E) metonímia

Exercício 2:

(FMU) Quando você afirma que enterrou “no dedo um alfinete”, que embarcou “no trem” e que serrou “os pés da mesa”, recorre a um tipo de figura de linguagem denominada:


A) metonímia
B) antítese
C) paródia
D) alegoria
E) catacrese

Exercício 3:

(U. Taubaté) No sintagma: “Uma palavra branca e fria”, encontramos a figura denominada:


A) sinestesia
B) eufemismo
C) onomatopéia
D) antonomásia
E) catacrese

Exercício 4:

(FAU-Santos) Nos versos: “Bomba atômica que aterra
Pomba atônita da paz
Pomba tonta, bomba atômica…”

A repetição de determinados elemento fônicos é um recurso estilístico denominado:


A) hiperbibasmo
B) sinédoque
C) metonímia
D) aliteração
E) metáfora

Exercício 5:

(Maringá) Leia os versos e depois assinale a alternativa correta:

“Amo do nauta o doloroso grito
Em frágil prancha sobre o mar de horrores,
Porque meu seio se tornou pedra,
Porque minh’alma descorou de dores.” (Fagundes Varela)

No primeiro verso, há uma figura que se traduz por:


A) pleonasmo
B) hipérbato
C) gradação
D) anacoluto
E) anáfora

Exercício 6:

(Cesesp – PE) Leia atentamente os períodos:

1.Vários de nós ficamos surpresos.
2.Essa gente está furiosa e com medo; por consequência, capazes de tudo.
3.Tua mãe, não há idade nem desgraça que lhe transforme o sorriso.
4.Entre elas, alguém estava envergonhada.
Os períodos aça contêm, respectiva e sucessivamente, as seguintes figuras de sintaxe:


A) Silepse de pessoa, silepse de gênero, anacoluto, silepse de número.
B) Anacoluto, anacoluto, anacoluto, silepse de número.
C) Silepse de número, silepse de pessoa, anacoluto, anacoluto.
D) Silepse de pessoa, silepse de número, anacoluto, silepse de gênero.
E) Silepse de pessoa, anacoluto, silepse de gênero, anacoluto.

Exercício 7:

(Inatel) Reconheça e classifique as figuras de palavras, de construção e de pensamento:

( ) “Quando uma lousa cai sobre um cadáver mudo”.
( ) “Terrível hemorragia de sangue”.
( ) “Das idades através”.
( ) “Oxalá tenham razão”.
( ) “Trejeita, e canta, e ri nervosamente”.

•(1) Polissíndeto
•(2) Hipérbato
•(3) Epíteto
•(4) Pleonasmo
•(5) Elipse
A sequência que corresponde à resposta correta é:


A) 4,3,5,2,1
B) 3,4,2,1,5
C) 3,4,2,5,1
D) 3,4,5,2,1
E) 1,3,2,5,4

Exercício 8:

(Cescea) Identifique os recursos estilísticos empregados no texto:

“Nem tudo tinham os antigos, nem tudo temos, os modernos”. (Machado de Assis)


A) anáfora – antítese – silepse
B) metáfora – antítese – elipse
C) anástrofe – antítese – zeugma
D) pleonasmo – antítese – silepse
E) anástrofe – comparação – parábola

Exercício 9:

(Mack) Nos versos abaixo, uma figura se ergue graças co conflito de duas visões antagônicas:

“Saio do hotel com quatro olhos,
- Dois do presente,
- Dois do passado.”

Esta figura de linguagem recebe o nome de:


A) metonímia
B) catacrese
C) hipérbole
D) antítese
E) hipérbato

Exercício 10:

(FIGURAS DE LINGUAGEM) (FUVEST) Identifique a figura de linguagem empregada nos versos destacados:

“No tempo de meu Pai, sob estes galhos,
Como uma vela fúnebre de cera,
Chorei bilhões de vezes com a canseira
De inexorabilíssimos trabalhos!”


A) antítese
B) anacoluto
C) hipérbole
D) litotes
E) paragoge

Exercício 11:

(FIGURAS DE LINGUAGEM) (FUVEST) A figura de linguagem empregada nos versos em destaque é:

“Quando a Indesejada das gentes chegar
(Não sei se dura ou caroável)
Talvez eu tenha medo.
Talvez sorria, ou diga:
- Alô, iniludível!”


A) clímax
B) eufemismo
C) sínquise
D) catacrese
E) pleonasmo

Exercício 12:

(FIGURAS DE LINGUAGEM) Em cada um dos períodos abaixo ocorre uma silepse. Marque a alternativa que classifica corretamente cada uma delas.

1.“Está uma pessoa ouvindo missa, meia-hora o cansa e atormenta e faz romper em murmurações”.
2.“E todos assim nos distraímos nesses preparativos”. (Aníbal Machado)
3.“A multidão vai subindo, subiram, subiram mais”. (Murilo Mendes)

A) silepse de gênero, silepse de número, silepse de número.
B) silepse de pessoa, silepse de número, silepse de pessoa.
C) silepse de gênero, silepse de pessoa, silepse de pessoa.
D) silepse de gênero, silepse de pessoa, silepse de número.
E) silepse de número, silepse de pessoa, silepse de gênero.


GABARITO:

1.E 2.E 3.A 4.D 5.B 6.D 7.C 8.A 9.D 10.C 11.B 12.D



Exercício 1: (ADVISE 2009)

No enunciado: “Virgílio, traga-me uma coca cola bem gelada!”, registra-se uma figura de linguagem denominada:
A) anáfora
B) personificação
C) antítese
D) catacrese
E) metonímia


Exercício 2:

(FMU) Quando você afirma que enterrou “no dedo um alfinete”, que embarcou “no trem” e que serrou “os pés da mesa”, recorre a um tipo de figura de linguagem denominada:
A) metonímia
B) antítese
C) paródia
D) alegoria
E) catacrese


Exercício 3:

(U. Taubaté) No sintagma: “Uma palavra branca e fria”, encontramos a figura denominada:
A) sinestesia
B) eufemismo
C) onomatopéia
D) antonomásia
E) catacrese


Exercício 4:

(FAU-Santos) Nos versos: “Bomba atômica que aterra
Pomba atônita da paz
Pomba tonta, bomba atômica…”

A repetição de determinados elemento fônicos é um recurso estilístico denominado:
A) hiperbibasmo
B) sinédoque
C) metonímia
D) aliteração
E) metáfora


Exercício 5:

(Maringá) Leia os versos e depois assinale a alternativa correta:

“Amo do nauta o doloroso grito
Em frágil prancha sobre o mar de horrores,
Porque meu seio se tornou pedra,
Porque minh’alma descorou de dores.” (Fagundes Varela)

No primeiro verso, há uma figura que se traduz por:
A) pleonasmo
B) hipérbato
C) gradação
D) anacoluto
E) anáfora


Exercício 6:

(Cesesp – PE) Leia atentamente os períodos:
Vários de nós ficamos surpresos.
Essa gente está furiosa e com medo; por consequência, capazes de tudo.
Tua mãe, não há idade nem desgraça que lhe transforme o sorriso.
Entre elas, alguém estava envergonhada.

Os períodos aça contêm, respectiva e sucessivamente, as seguintes figuras de sintaxe:
A) Silepse de pessoa, silepse de gênero, anacoluto, silepse de número.
B) Anacoluto, anacoluto, anacoluto, silepse de número.
C) Silepse de número, silepse de pessoa, anacoluto, anacoluto.
D) Silepse de pessoa, silepse de número, anacoluto, silepse de gênero.
E) Silepse de pessoa, anacoluto, silepse de gênero, anacoluto.


Exercício 7:

(Inatel) Reconheça e classifique as figuras de palavras, de construção e de pensamento:

( ) “Quando uma lousa cai sobre um cadáver mudo”.
( ) “Terrível hemorragia de sangue”.
( ) “Das idades através”.
( ) “Oxalá tenham razão”.
( ) “Trejeita, e canta, e ri nervosamente”.
(1) Polissíndeto
(2) Hipérbato
(3) Epíteto
(4) Pleonasmo
(5) Elipse

A sequência que corresponde à resposta correta é:
A) 4,3,5,2,1
B) 3,4,2,1,5
C) 3,4,2,5,1
D) 3,4,5,2,1
E) 1,3,2,5,4


Exercício 8:

(Cescea) Identifique os recursos estilísticos empregados no texto:

“Nem tudo tinham os antigos, nem tudo temos, os modernos”. (Machado de Assis)
A) anáfora – antítese – silepse
B) metáfora – antítese – elipse
C) anástrofe – antítese – zeugma
D) pleonasmo – antítese – silepse
E) anástrofe – comparação – parábola


Exercício 9:

(Mack) Nos versos abaixo, uma figura se ergue graças co conflito de duas visões antagônicas:

“Saio do hotel com quatro olhos,
- Dois do presente,
- Dois do passado.”

Esta figura de linguagem recebe o nome de:
A) metonímia
B) catacrese
C) hipérbole
D) antítese
E) hipérbato


Exercício 10:

(FUVEST) Identifique a figura de linguagem empregada nos versos destacados:

“No tempo de meu Pai, sob estes galhos,
Como uma vela fúnebre de cera,
Chorei bilhões de vezes com a canseira
De inexorabilíssimos trabalhos!”
A) antítese
B) anacoluto
C) hipérbole
D) litotes
E) paragoge


Exercício 11:

(FUVEST) A figura de linguagem empregada nos versos em destaque é:

“Quando a Indesejada das gentes chegar
(Não sei se dura ou caroável)
Talvez eu tenha medo.
Talvez sorria, ou diga:
- Alô, iniludível!”
A) clímax
B) eufemismo
C) sínquise
D) catacrese
E) pleonasmo


Exercício 12:

Em cada um dos períodos abaixo ocorre uma silepse. Marque a alternativa que classifica corretamente cada uma delas.
“Está uma pessoa ouvindo missa, meia-hora o cansa e atormenta e faz romper em murmurações”.
“E todos assim nos distraímos nesses preparativos”. (Aníbal Machado)
“A multidão vai subindo, subiram, subiram mais”. (Murilo Mendes)
A) silepse de gênero, silepse de número, silepse de número.
B) silepse de pessoa, silepse de número, silepse de pessoa.
C) silepse de gênero, silepse de pessoa, silepse de pessoa.
D) silepse de gênero, silepse de pessoa, silepse de número.
E) silepse de número, silepse de pessoa, silepse de gênero.

1 E
2 E
3 A
4 D
5 B
6 D
7 C
8 A
9 D
10 C

Nenhum comentário: